sábado, 21 de dezembro de 2013

Top 10 (As Ferramentas mais criativas para se viajar no tempo)


E neste fim de semana chega aos cinemas o surpreendente Questão de Tempo, comédia-romântica com toques de sci-fi que é um dos melhores filmes do ano. Dirigido por Richard Curtis (Simplesmente Amor), provavelmente o seu último trabalho, o longa narra a história de um jovem desajeitado (Domhnall Gleeson), que ao completar 18 anos descobre ter o poder de viajar no tempo. Para isso, bastava ele entrar em um lugar escuro (um armário, um closet, um banheiro) e pensar no momento que gostaria de reviver. Com esse surpreendente dom, o jovem decide partir atrás de um grande amor, mas acaba descobrindo que essas possibilidades podem trazer uma série de problemas. Em cima desse argumento, o tema viagem no tempo ganha mais uma abordagem interessante nos cinemas. Neste Top 10, no entanto, não vou reunir os melhores filmes dentro deste sub-gênero. Nem tão pouco os mais divertidos. Mas sim, as mais inusitadas e criativas formas de se viajar no tempo utilizadas pela sétima arte. E começamos com...

10º Auto-hipnose - Em Algum Lugar do Passado (1980)


"Imagine se uma sessão de auto-hipinose pudesse fazer você voltar ao passado. Essa é a ferramenta utilizada por Christopher Reeve em Em Algum Lugar do passado, romance dirigido por Jeannot Szwarc. Na trama, Richard Collier (Christopher Reeve), conhece uma idosa que lhe entrega um relógio de bolso, seguido da enigmática e desconexa mensagem "volte para mim". Anos depois e desejando espairecer, viaja para um hotel grandioso e antigo, no qual vê a foto da atriz Elise Mckenna (Jane Seymour), por quem apaixona-se perdidamente. No entanto, a fotografia é do ano de 1912, e o jovem decide então voltar ao passado para encontrá-la. E ele consegue."

9º Punxsutawney - Feitiço do Tempo (1993)



"O que seria um Punxsutawney? Uma flor indígena? Uma árvore? Um animal selvagem? Nada disso, Punxsutawney é uma carismática cidade do interior que funciona como uma máquina do tempo para o repórter frustrado Phill Conors (Bill Murray). Na verdade, Conors foi escalado - a contra-gosto - para cobrir o Dia da Marmota, um festival realizado nessa pequena cidade de nome complicado. Incomodado com a banalidade do evento, o repórter só pensa em voltar para a sua cidade. Tudo muda, no entanto, quando num passe de mágica, Phil Connors acaba sofrendo uma espécie de "feitiço do tempo" e passa a viver o mesmo dia, por várias vezes. Apesar do longa não especificar os motivos e as ferramentas para essa viagem no tempo, eu não tenho dúvidas em afirmar que a pacata Punxsutawney é a máquina do tempo usada por Bill Murray no ótimo Feitiço do Tempo."

8º Diários e fotos - Efeito Borboleta (2004)




"Imagine você ter a possibilidade de alterar qualquer episódio de sua vida. E se isso fosse possível simplesmente ao ler uma passagem de sua vida em um diário. Ou ao ver uma foto marcante. Esta é a simples ferramenta de viagem no tempo de Efeito Borboleta, um dos melhores longas dentro do gênero. Dirigido por Eric Bress e J. Mackye Gruber, o longa narra a história de um jovem (Ashton Kutscher) que resolve alterar o seu passado seguidamente para conquistar o amor de uma garota (Amy Smart). Cada vez que ele volta no tempo, no entanto, a realidade é sempre alterada, o que acaba proporcionando grandes reviravoltas em suas vidas. Um baita filme, que fez muito sucesso na época de lançamento, mas acabou rendendo péssimas sequências."

7º Rádio-amador - Alta Frequência (2000)



"E a nossa sétima mais criativa ferramenta de viagem no tempo é, pasmem vocês, um simples rádio-amador. Daqueles de longo alcance, e bota longo nisso. Na trama, um jovem policial vivido por Jim Caviezel decide reabrir um caso não concluído envolvendo uma série de assassinatos de enfermeiras. Em meio a isso, ele começa a se conectar com um bombeiro, através deste rádio. O que ele não sabe é que esse bombeiro era o seu finado pai, morto durante um incêndio. Desconfiado, o jovem policial não acreditava nas semelhanças. Dessa relação, porém, acaba nascendo uma série de novas possibilidades, incluindo a volta de um velho assassino. Um subestimado filme sobre viagem no tempo, que apresenta uma criativa forma para a comunicação entre presente e passado."

6º Carruagem - Meia Noite em Paris (2011)


"Normalmente as viagens no tempo estão sempre associadas a equipamentos avançados. As tais máquinas do tempo. Normalmente, eu disse. Porque em Meia Noite em Paris essa viagem é feita através de uma carruagem. Isso mesmo, uma velha e estilosa carruagem. Na brilhante trama, Owen Wilson vive um homem prestes a se casar, que embarca para Paris. Ao lado da noiva, e da família dela, ele parece reticente com relação ao casamento. Numa dessas investidas pelas ruas parisienses, o jovem acaba se deparando com uma carruagem, que o leva para o passado, colocando em contato com grandes nomes do cenário artístico mundial. Um dos grandes filmes de 2011, Meia Noite em Paris é um dos melhores trabalhos recentes de Woody Allen e, ainda por cima, brinca muito bem com as viagens no tempo."

5º Controle Universal - Click (2006)


"Nunca o nome controle remoto universal foi tão bem utilizado. Imagine você, um controle remoto que pudesse alterar a sua vida. Voltar ou adiantar o tempo, pausar algum momento inesquecível, e até mesmo retroceder em sua história para alterar algum fato vivido. Essa é a premissa básica de Click, uma subestimada comédia estrelada por Adam Sandler, que apresenta uma das mais criativas ferramentas de viagem no tempo. "

4º Uma Jacuzzi - A Ressaca (2010)


"Impressionante a criatividade destes diretores hollywoodianos. Como já sabemos, e temos também acompanhado aqui neste excêntrico post, são inúmeras as formas de viagem no tempo já concebidas dentro da sétima arte. Uma das mais irônicas, no entanto, é a apresentada no pouco expressivo A Ressaca. Uma Jacuzzi, isso mesmo, uma banheira de hidromassagem. Pior, impulsionada por uma dose de Red Bull. Neste irônico filme dirigido por Steve Pink (Alta Fidelidade), um grupo de quatro amigos decide dar um tempo em seus relacionamentos para curtirem um fim de semana no interior. Após muita bebedeira, o quarteto acaba viajando no tempo através de uma banheira e voltam a década de 1980. Excêntrico, só essa palavra pode resumir esse filme, e a sua surtada viagem no tempo através das roupas coloridas e do glam rock da década de 1980. E prepare-se, já temos uma continuação a caminho..."

3º Uma Cabine telefônica\máquina do tempo - Bill e Ted (1989)


"É meus amigos, entre as máquinas do tempo já utilizadas no cinema, uma das mais criativas é a cabine telefônica de Bill e Ted: Uma Aventura Fantástica. Mas não uma simples cabine, pelo contrário, uma máquina futurista que acabou sendo responsável por salvar o futuro de Ted. Filme que revelou o astro Keanu Reves, Bill e Ted é extremamente divertido, principalmente por colocar os dois adolescentes fãs de rock diante de grandes personalidades da história, como Joana D"Arc, Napoleão Bonaparte e Sócrates. Um filme leve e divertido, que acabou impulsionando a carreira de Reeves. "

2º DeLorean -  De Volta para o Futuro (1985)


"E um dos melhores filmes sobre viagem no tempo não poderia deixar de ter uma das mais criativas engenhocas. Desenvolvida pelo cientista Dr Emmet Brown (Christopher Loyd), o carro Delorean DMC-12 acaba virando uma poderosa máquina do tempo, capaz de levar o jovem Marty McFly (Michael J. Fox) para o passado. Sem dúvidas um dos grandes filmes do gênero, que acabou consagrando as viagens no tempo e se tornou um marco dentro do cinema de aventura. Belo trabalho do diretor Robert Zemeckis, que ao longo de sua carreira nos brindou com outras grandes realizações, incluindo Uma Cilada para Roger Rabitt, Forrest Gump, A Morte lhe Cai bem, Naufrago e mais recentemente, O Voo. "

1º Mudar a rotação da Terra - Superman (1978)


"Não tenho dúvidas em dizer que se você acredita na possibilidade de voltar no tempo, essa será a alternativa mais remota para se ter êxito. Só mesmo o Homem de Aço poderia proporcionar isso. Numa das mais incríveis cenas já realizadas no cinema, para salvar sua amada Lois Lane o clássico Superman (Christopher Reeve) decide mudar a rotação do planeta terra. Simples assim. Seguindo a lógica dos produtores, com o planeta terra rodado ao contrário, o tempo também volta, e o Homem de Aço salva a mocinha mais uma vez e depois trata de colocar a Terra em sua rotação natural. Coisas que só um super homem pode fazer."

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...